Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

A Mulher foi a figura central do Festival Cabelos Brancos 2019

A Mulher foi a figura central do Festival Cabelos Brancos 2019
09 Outubro 2019

Tendo como foco principal o papel da Mulher no Envelhecimento, a edição de 2019 do Festival Cabelos Brancos reforçou o sucesso da aposta da Câmara Municipal de Ílhavo na promoção de um grande evento que reconfigurasse a forma como a sociedade encara o envelhecimento e o papel do sénior na comunidade.

Mantendo as quatro áreas de ação que foram implementadas em 2018 - Arte, Trilhos, Mudança e Tradição – o Festival Cabelos Brancos 2019 proporcionou, entre os dias 20 de setembro e 5 de outubro, cerca de 50 iniciativas que foram vivenciadas por mais de 10.000 pessoas, numa festa intergeracional e que extravasou as fronteiras do Município de Ílhavo, acolhendo participações de seniores de Águeda, Aveiro, Vagos, Coimbra, Lisboa e Porto.

O Jardim Henriqueta Maia acolheu os dois primeiros dias do evento, dedicados à Arte, registando uma forte adesão de público. Para além dos seis espaços de programação diversificada – artesanato, instalações artísticas, música, ambiente, entre outros – destaque para o concerto da cantora Lena d’Água, de regresso aos palcos, aos 60 anos, e para o projeto “Baile de Quimeras”, com texto e encenação de João Amorim e coreografia de Helena Brito, que contou com a participação de 60 idosos. Um percurso artístico que percorreu casas, largos, garagens, lojas, e outros espaços, levando o público a questionar agoiros da esterilidade e mostrando formas diferenciadas de amar, criar, cantar e rezar.

A primeira semana foi marcada pelos Trilhos, percursos e descobertas culturais e históricas, que levaram perto de 1.200 seniores a calcorrear mais de mil quilómetros ao encontro de outras realidades, em seis cidades diferentes do país.

A Mudança foi outra das temáticas do Festival Cabelos Brancos, com iniciativas que destacaram o papel da mulher ao longo dos tempos. Neste âmbito, especial enfoque para tertúlia “Mulher Cuidadora” e o Seminário “O Envelhecer no Feminino”, dinamizadas pela participação e visão de profissionais de diversas áreas disciplinares e técnicas.

A Tradição contou com a memória e a preservação da identidade histórica patente na Festa dos Bacalhoeiros que reuniu 250 participantes oriundos de vários pontos do país, trazendo consigo as experiências e vivências de muitos meses e anos de pesca do bacalhau nos mares gelados do norte. Esta quarta vertente teve ainda o seu ponto alto nos momentos finais do Festival com a realização do Sarau da Maior Idade que esgotou o auditório da Casa da Cultura de Ílhavo e levou ao palco mais de 100 seniores naquela que é a Festa dos Artistas Amadores seniores das várias Instituições do Município.

O Festival Cabelos Brancos regressa em setembro de 2020, prometendo revolucionar a forma de encarar o envelhecimento. O Município de Ílhavo vai voltar a querer ter cabelos brancos.