Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Projetos Cofinanciados pela UE

» Recuperação dos armazéns de aprestos do cais de abrigo para pesca artesanal do lugar da mota, freguesia da Gafanha da Encarnação

Esta operação visou a recuperação dos armazéns de aprestos de suporte aos pescadores que têm atividade a partir do cais para embarcações de pesca tradicional no lugar da Mota, Gafanha da Encarnação. Os armazéns de aprestos apresentavam evidentes sinais de degradação e de necessidade de manutenção.
Desta forma, dotou-se os espaços em questão de melhores condições para o trabalho, resistência às intempéries e condições climáticas adversas, resolvendo, em paralelo, problemas estruturais já visíveis nos armazéns e cuja resolução tem impacto na qualidade e na eficiência na atividade piscatória.
Esta intervenção carecia de urgência devido aos problemas registados e visíveis, uma aspiração já antiga da comunidade piscatória envolvente, bem como da Câmara Municipal de Ílhavo.
Os pequenos armazéns, destinados a albergar os aprestos dos pescadores, são estruturas construídas em madeira assente numa base de betão e com cobertura em telha de barro vermelho tipo 'lusa'.
Os trabalhos realizados constam essencialmente na reparação e manutenção das estruturas de madeira.

Esta operação teve como objetivos:

  • Melhoria das condições de trabalho e de segurança para os pescadores;
  • Resolução de problemas de degradação e funcionalidade estrutural, desgaste e corrosão;
  • Melhoria das condições de operacionalidade e eficiência dos armazéns de aprestos;
  • Contribuir para a valorização, sustentabilidade e manutenção das atividades económicas ligadas ao sector da pesca, com impacte na melhoria das condições de vida dos pescadores.

Código da Operação

MAR-01.05.04-FEAMP-0015

Data de Início

15-11-2017

Data de fim

31-07-2018

Entidades cofinanciadoras

MAR2020, Portugal2020 e União Europeia

Orçamento Elegível

31.412,04 €

Incentivo

23.559,03 €

 

» Recuperação de estruturas flutuantes do cais dos pescadores da Costa Nova

O núcleo piscatório da Costa Nova, freguesia da Gafanha da Encarnação, concelho de Ílhavo, é dos mais dinâmicos e de maior dimensão de toda a região de Aveiro, dele dependendo um grande número de famílias para o seu sustento e rendimento. A segurança e operacionalidade do cais de abrigo que o suporta e das sua infraestruturas de apoio é um fator com grande impacte na vida na comunidade que depende da pesca tradicional para o seu sustento.

Neste sentido, e tendo em conta o atual estado de degradação de diversas componentes desta estrutura, realizou-se uma intervenção de fundo para a recuperação de estruturas flutuantes do cais de abrigo que suporta a maior parte da atividade de toda a comunidade piscatória da Costa Nova. 

Os trabalhos incluíram novas poitas em betão, execução de novas amarrações entre as poitas e o quebra-mar com correntes metálicas, reposicionamento do quebra-mar nas suas quotas de origem, ligações entre quebra-mares e implantação de nova em estrutura de alumínio e deck de madeira.

Em resumo, esta operação melhorou a operacionalidade e a segurança de pessoas e bens neste cais de abrigo, com impacte na melhoria das condições para o exercício da atividade piscatória e trouxe mais eficiência no trabalho diário ali desenvolvido. No que se refere às embarcações aqui estacionadas, este projeto também trouxe ganhos, potenciando a diminuição dos custos de manutenção para as embarcações, tendo em conta os trabalhos realizados, designadamente, tendo em conta as melhorias introduzidas no quebra-mar.

Esta operação teve como objetivos:

  • Melhoria das condições de trabalho e de segurança para os pescadores e suas famílias;
  • Resolução de problemas de degradação e funcionalidade estrutural, desgaste e corrosão;
  • Melhoria das condições de operacionalidade e eficiência do cais de abrigo;
  • Potenciar o aumento da comunidade piscatória e a coesão territorial;
  • Contribuir para a valorização, sustentabilidade e manutenção das atividades económicas ligadas ao sector da pesca, com impacte na melhoria das condições de vida dos pescadores;
  • Contribuir para a sustentabilidade ambiental do sector da pesca.
Código da Operação MAR-01.05.04-FEAMP-0016
Data de Início 01-09-2016
Data de fim 31-12-2018
Entidades cofinanciadoras MAR2020, Portugal2020 e União Europeia
Orçamento Elegível 133.973,64 €
Incentivo 100.480,23 €(75%)