Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Festival Cabelos Brancos revoluciona o envelhecimento

Cabelos brancos 1 1024 2500
04 Setembro 2018

Aproxima-se a hora da mudança. Desde 1999 que a Câmara Municipal de Ílhavo promovia a Semana da Maior Idade que, este ano, vai dar lugar ao Festival Cabelos Brancos, que pretende ser o maior festival sénior da Península Ibérica.

Entre os dias 14 e 29 de setembro, em vários espaços do Município, com particular destaque para o Jardim Henriqueta Maia, mais de 80 iniciativas, “visualizadas a preto e branco” e que nos transportam para uma conceção gráfica que marca o imaginário da Maior Idade, vão assinalar esta nova designação e o novo conceito para um evento que, através da Arte, da Mudança, dos Trilhos e da Tradição, apela à participação e reflexão da comunidade, especialmente da comunidade sénior.

Esta mudança do conceito da Festa da Maior Idade do Município espelha a preocupação da Câmara Municipal de Ílhavo com as políticas e medidas inclusivas dos cidadãos seniores na comunidade, promovendo um envelhecimento mais ativo e mais participado, com melhor qualidade de vida e com o reconhecimento do valor intrínseco das vivências e experiências que a vida proporcionou a cada um.

O Festival inicia-se com a vertente da Arte que preenche os dias 14 e 15, pretendendo estimular a criatividade e a expressão artística dos seniores através dos laboratórios de criação artística; exposições de pintura, fotografia, escrita e artesanato (“Mixórdia de Artes”); e do projeto musical “Barbie in the House”, de António Bastos.

A reflexão e desconstrução de conceitos e ideias estereotipadas, a importância e o papel do sénior na comunidade são as principais referências que assinalam a necessidade de Mudança que a iniciativa pretende promover e implementar na sociedade.
A descoberta de novas comunidades, culturas, vivências e experiências distintas marcam os Trilhos que são momentos de lazer e visitas culturais a diferentes localidades como Chaves, Lamego, S. Martinho do Porto, Alcobaça, Caminha e Ponte de Lima.
A Tradição surge na segunda semana e encerra o Festival. Sendo referência principal da identidade da região de Ílhavo, o encontro de gerações que escreveram a história da pesca do bacalhau nos mares gélidos do Atlântico Norte é o objetivo que sustenta a realização da Festa dos Bacalhoeiros, repartida entre o Museu Marítimo de Ílhavo e o Navio-Museu Santo André.
Também o Sarau da Maior Idade será espaço privilegiado para, através do encontro de artistas amadores provenientes de diversas associações, manter viva a memória da tradição e da história das gentes e comunidades de Ílhavo.

 

Concurso Mixórdia de Artes - Normas de Participação

 

Programa Festival Cabelos Brancos 2018