Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Rota das Padeiras: antes de amassar aprende-se a tradição

Rota das Padeiras: antes de amassar aprende-se a tradição
19 Fevereiro 2020

A Rota das Padeiras regressa, entre os dias 19 a 22 de março, para mais uma edição dedicada à tradição das gentes de Vale de Ílhavo, ainda hoje mantida por 15 padarias artesanais.

O evento, promovido pela Câmara Municipal, em parceria com a Associação Cultural e Recreativa “Os Baldas”, tem, como principal objetivo, a preservação e a promoção de uma identidade cultural e patrimonial muito próprias, assentes no Pão e nas Padeiras, na Farinha e nas Moagens desta localidade de Ílhavo.

Na edição deste ano, à tradição do pão, junta-se outra também muito particular: os Cardadores de Vale de Ílhavo, que são também, com a sua irreverência, uma figura peculiar da comunidade.

Tendo presente a importância de valorizar esta tradição, a Rota das Padeiras vai integrar na sua programação um conjunto de iniciativas que possibilitam aos participantes um contacto mais estreito com o Pão, a Farinha, os Sabores e a Cultura de Vale de Ílhavo.

Antecipando a abertura do evento, nos dias 7 e 14 de março (sábados), das 10h00 às 12h00, decorrerá no Estaleiro - Estação Científica de Ílhavo, a Oficina de Pintura “Dá cor ao Cardador”. Irreverente no meio da multidão, a roncar, a saltar e a cardar, no Carnaval de Vale de Ílhavo, a figura típica do Cardador pode ser agora recriada nesta oficina, onde o artesão Marcos Abreu vai orientar a pintura de uma estatueta com as cores das roupas e das extravagantes máscaras. Este workshop, limitado a 10 participantes com idade superior a 12 anos, tem um custo de 10 euros (inclui a peça “Cardador” e material de pintura).

Nos dias 21 e 22 de março, já em plena Rota das Padeiras, há duas atividades muito próprias da tradição do Pão de Vale de Ílhavo.
Em ambos os dias, pelas 16h00, na sede da Associação “Os Baldas”, a oficina de costura “Cosipa o teu envelope de Pão” recorda a tradição antiga da lancheira de pano.

Orientada pela artesã Rucas, e dirigida a maiores de 10 anos (com ou sem experiência), convida-se todos os que querem devolver ao pão o seu envelope perfeito, numa aposta na recuperação de tradições e na redução da pegada ecológica, eliminando o papel ou o plástico. Limitada a 10 participantes, esta oficina tem um custo de 5 euros por pessoa.

Às 17h00 horas, a massa vai colar-se aos dedos e a farinha espalhar-se até ao nariz. Na oficina de padas, pão de salicórnia e folar - “Mete a mão na massa” - é obrigatório arregaçar as mangas e meter a mão na massa, para vestir a pele de uma padeira de Vale de Ílhavo. Esta atividade é gratuita e dedicada a toda a família, limitada ao máximo de 15 participantes.

As inscrições nas Oficinas da Rota das Padeiras devem ser efetuadas através do e-mail artesanato@cm-ilhavo.pt ou através dos contactos do Município: 234 329 641 e 234 325 911.

O programa detalhado da Rota das Padeiras será divulgado brevemente.