Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Américo Simões Teles

Américo Simões Teles

CÓDIGO DE REFERÊNCIA

PT/CDI/AST

 

TÍTULO

Américo Simões Teles

 

DATAS

1930-1989

NÍVEL DE DESCRIÇÃO

Fundo/Arquivo

 

DIMENSÃO

23 m.l.

 

SUPORTE

Papel.

 

PRODUTOR

Américo Simões Teles

 

HISTÓRIA ADMINISTRATIVA

Américo Simões Teles nasceu em Ílhavo a 19 de setembro de 1893 e faleceu a 6 de julho de 1989, com 95 anos.
Era filho de Manuel Simões Teles e de Maria Gonçalves de Jesus, um casal de comerciantes.
Frequentou a Escola Primária em Ílhavo, tendo começado a trabalhar muito cedo como Oficial Principal da Administração Geral dos Correios e Telégrafos nos Correios do Palácio da Bolsa, no Porto. Passou pelos correios em Aveiro e foi transferido para o Porto, onde desempenhou funções de Chefe de Secretaria nos CTT.
Apesar de viver no Porto, a sua identidade manteve-se ilhavense, e com um profundo interesse em contribuir para a terra, criando um museu de Ílhavo e sobre Ílhavo.
Citando palavras suas, era sua intenção “arquivar todo o estofo artístico de Ílhavo”, preservando a sua cultura e divulgando a sua história.
A partir de 1924, Américo Teles passou a estar atento a tudo o que pudesse trazer mais-valias ao futuro museu.
Foi membro ativo das comissões organizadoras desde o primeiro dia, a 18 de janeiro de 1937, além de ter sido também Tesoureiro.
O seu sonho de criação de um museu, concretizou-se passados treze anos, a 8 de agosto de 1937, materializando-se na Rua Serpa Pinto, nº 11, em Ílhavo, onde nasceu o Museu Municipal de Ílhavo.
Américo Teles, interveio não só na criação desse “primeiro museu”, em 1937, como também a sua evolução para Museu Marítimo e Regional de Ílhavo, em 20 de setembro de 1980.
A luta pela busca de artefactos e bibliografia durou entre o início dos anos 20 do século XX, até ao final da sua vida, em finais da década de 80 do mesmo século.
A recolha de documentação para o museu contou também com alguns bens pessoais, os quais passaram a integrar o espólio, que atualmente compõe o arquivo pessoal Amério Teles.

 

CONDIÇÕES DE ACESSO

O acesso a estes documentos rege-se pelo regulamento arquivístico em vigor.

 

INSTRUMENTOS DE DESCRIÇÃO

Guia.

 

DATA DE DESCRIÇÃO

2014

 

HISTÓRIA CUSTODIAL E ARQUIVÍSTICA

O Arquivo pessoal de Américo Simões Teles foi sendo doado pelo próprio ao Museu.

 

FONTE IMEDIATA DE AQUISIÇÃO OU TRANSFERÊNCIA

Américo Simões Teles e família.

 

ÂMBITO E CONTEÚDO

O arquivo comporta documentos relativos ao trabalho desenvolvido por Américo Teles no âmbito da atividade do Museu. Contém documentos pessoais, monografias, publicações periódicas, postais, fotografias, correspondência, recortes e cartazes.

SISTEMA DE ORGANIZAÇÃO

Este arquivo está organizado por número de referência.

 

voltar