Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Inauguração do Parque da Ciência e Inovação é sinónimo de inovação e desenvolvimento para o Município de Ílhavo

Inauguração do Parque da Ciência e Inovação é sinónimo de inovação e desenvolvimento para o Município de Ílhavo
07 Março 2018

A Câmara Municipal congratula-se com a inauguração do Parque da Ciência e Inovação, um marco importante e referência científica e empresarial do município, da Região e da Universidade de Aveiro.

 

Na sessão de inauguração do Parque da Ciência e Inovação (PCI), que contou com a presença da Secretária de Estado da Indústria Ana Lehman, e que teve lugar ontem, 6 de março, o Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo, Fernando Caçoilo, na sua intervenção pública, sublinhou o papel que a Autarquia desempenhou para a concretização deste importante projeto científico e empresarial que se perspetiva «gerador de inovação e criatividade para o Município e para a Região».

 

O facto do PCI se situar quase que exclusivamente em Ílhavo (30 dos 35 hectares da sua área total) é motivo orgulho e de satisfação para a Câmara Municipal já que é o espelho de um Município ativo e dinâmico, onde o progresso e o desenvolvimento são evidências em franca expansão. Reflexo disso são os dois últimos anos que contaram com importantes e particulares momentos, com relevante presença governativa, como, por exemplo, a apresentação pelo Primeiro-ministro, em 2016, do Programa Nacional Indústria 4.0, ou da recente inauguração, pelo Ministro da Administração Interna, do novo posto da GNR, entre outros.

 

A participação da Câmara Municipal de Ílhavo no consórcio que sustenta a estrutura acionista do PCI reveste-se de particular importância já que a realidade demonstra que o Município «apresenta hoje uma economia moderna e diversificada com elevados níveis de sustentabilidade e de inovação, apresentando uma qualidade de especialização e de tecnologia, num número já considerável de casos de referência nacional e internacional».


Para o Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo, «este Parque, da Ciência e Inovação pelas suas caraterísticas, localização privilegiada (não estivesse ele em Ílhavo), apoio ao desenvolvimento regional (…) terá todas as condições para atrair empresas de dimensão internacional que, em conjunto com as empresas nacionais, potenciarão sinergias para uma melhor internacionalização».

 

Antes de terminar a sua intervenção, Fernando Caçoilo, não quis deixar de referir o longo percurso que ontem terminou e que teve início em finais de 2009 com a candidatura ao Programa Operacional da Região Centro, liderado pela Universidade de Aveiro e com a participação da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, bem como a participação da Câmara Municipal de Ílhavo em todo o processo, por exemplo, «com a construção da via de acesso (a expensas do Município), criando mais e melhor mobilidade, à qual demos o nome de “Via do Conhecimento”».

 

O Parque de Ciência e Inovação, ontem inaugurado, instalado maioritariamente no Município de Ílhavo (na zona da Coutada) e contíguo à Universidade de Aveiro, conta com o envolvimento de diversos parceiros, como a Universidade de Aveiro, a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) e várias empresas. Ocupa uma área de 35 hectares e representa um investimento de cerca de 20 milhões de euros, financiado por fundos europeus. Nesta data, foram inaugurados três edifícios já concluídos, o edifício central e dois laboratórios de uso partilhado e para investidores privados, restando 23 lotes para acolher novas empresas disponíveis para a segunda fase ainda sem data programada.


Já estão em laboração cerca de 60 empresas e mais de 400 pessoas nas diferentes unidades oferecidas pelo equipamento que fará a ligação entre os meios de investigação da Universidade de Aveiro e as empresas.


Estruturado em torno de cinco grandes áreas de aposta estratégica da Universidade de Aveiro e do desenvolvimento da região - Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica (TICE), Materiais, Mar, Agroindustrial e Energia – o processo colaborativo é valorizado pela existência de espaços como a Design Factory, a Incubadora de Empresas e os Laboratórios de Uso Comum (LUC) de Materiais e Agroalimentar e das TICE.


A Universidade garante o conhecimento, a ligação à região é feita pela Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) e pelos municípios de Ílhavo e de Aveiro, e as empresas serão o pilar económico, beneficiando dos processos científicos e de inovação.


O Conselho de Administração do PCI será presidido pela Universidade de Aveiro e composto por representantes da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (11 municípios), Portus Park, AIDA, I’M - SGPS, Grupo Visabeira e Caixa Geral de Depósitos.

 

Para ler o Discurso do Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo, clique aqui.