Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Município de Ílhavo acolheu 1° Hackathon em Portugal vocacionado para o desenvolvimento e inovação de produto

Município de Ílhavo acolheu 1° Hackathon em Portugal vocacionado para o desenvolvimento e inovação de produto
05 Setembro 2017

A Associação Hardware City, em parceria com a Câmara Municipal de Ílhavo, realizou, entre os dias 1 e 3 de setembro, no Cais Criativo da Costa Nova, o primeiro Hackathon em Portugal vocacionado para a área do desenvolvimento de produto.


Tratou-se de uma maratona tecnológica e de inovação de 72 horas que contou com 50 participantes de vários pontos do país, apaixonados pela tecnologia, design e marketing, developers de hardware e software, hackers e makers, que foram desafiados a resolver problemas reais de várias empresas, com destaque para a Bosch, Motofil, OLI e a Bitalino. Participaram também outras entidades como a Universidade de Aveiro, o Instituto de Telecomunicações e a UNAVE - Associação para a Formação Profissional e Investigação da UA, com quem a Câmara Municipal tem vindo a trabalhar em vários projetos relacionados com os eixos-estratégicos âncora “Valorização do Capital Humano”, “Economia +Competitiva”, e “Ílhavo Inteligente” previstos no Plano Estratégico do Município de Ílhavo aprovado recentemente.


O grande objetivo desta maratona foi promover o contacto direto entre empresas e os talentos - do design à tecnologia - para encontrar novas ideias, produtos e soluções para as necessidades da sociedade e do mercado, num ambiente de trabalho informal, descontraído e de verão. O Cais Criativo da Costa Nova, equipamento de grande qualidade do Município de Ílhavo e que cada vez mais se afirma para a realização de eventos de referência, serviu de suporte ao Sunset Hackathon.


Dos 50 participantes desta maratona tecnológica e de inovação formaram-se 12 equipas para a resolução de outros tantos problemas colocados pelas empresas que apoiaram Sunset Hackathon em Portugal e que foram acompanhados, ao longo dos 3 dias, por mentores – personalidades ligadas aos processos de inovação e de desenvolvimento tecnológico em entidades e empresas nacionais e internacionais, para a resolução dos problemas colocados pelas empresas que apoiaram Sunset Hackathon em Portugal. No final, realizou-se a apresentação dos projetos, tendo sido premiados os projetos mais qualificados, avaliados por um júri independente.


Para estes três dias, foi montada uma estrutura logística de apoio ao evento que envolveu também os Agrupamentos de Escolas do Município de Ílhavo e o CASCI.