Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook

Santuário de Schoenstatt

O Santuário de Schoenstatt da Gafanha da Nazaré, inaugurado no dia 21 de Outubro de 1979, é uma reprodução autêntica do Santuário original, fundado pelo Padre José Kentenich, em Schoenstatt/Valendar – Alemanha no dia 18 de Outubro de 1914.
Naquela altura era uma Capelinha antiga dedicada a S. Miguel. Por inspiração divina, o padre Kentenich, com um grupo de jovens seus dirigidos, convidou a Nossa Senhora a estabelecer aí a sua morada e conceder abundantes graças a todos os que aí fossem rezar. Da sua parte, eles prometeram oferecer-lhe todas as suas ações e esforços do dia a dia, sobretudo pelo cumprimento exato do dever, pelo aperfeiçoamento interior e dedicação a Deus e ao próximo.
Pela aliança de amor que assim selaram com Maria, a capelinha foi transformada em Santuário, isto é, num lugar de presença e atuação especial de Nossa Senhora, num Lugar de Graças.
Com o decorrer dos anos, esse santuário multiplicou-se, abrangendo, hoje, dezenas de países dos 5 continentes. São, atualmente, cerca de cento e cinquenta Santuários de Schoenstatt espalhados pelo mundo. Todos, réplicas autênticas do original, e Centros de Peregrinação.
Implantado em pleno coração da Colónia Agrícola, a sua primeira pedra foi traduzida em Roma depois de abençoada pelo Papa João Paulo II e tem incrustada uma outra pedra originária do túmulo de S. Pedro.
Como em todos os Santuários de Schoenstatt, também aqui, Nossa Senhora é venerada como Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admiráveis de Schoenstatt.

Voltar à página anterior