Passar para o Conteúdo Principal Top
C.M. Ílhavo - Voltar ao início
share rss facebook
Visite ÍlhavoVisit Ilhavo

Cuxhaven (Alemanha)

Aceitando o desafio proposto por muitos dos seus cidadãos que, há largos anos, deixaram o seu País e a sua Terra-Natal em busca de um novo rumo e de novas oportunidades na cidade de Cuxhaven, no Norte da Alemanha, a Câmara Municipal de Ílhavo celebrou, a 4 de maio de 2002, um Acordo de Amizade com o Município alemão, formalizando os laços que os unia, numa clara demonstração de vontade comum em manter estreita essa relação no futuro.
Neste Acordo, assinado pela mão dos respetivos Presidentes de Câmara, Eng. Ribau Esteves (Ílhavo) e Gerd Falf (Cuxhaven), as duas cidades portuárias assumiram não apenas um compromisso de amizade, mas também de cooperação, que, ao longo dos anos, levou à construção de um caminho comum de progresso, respeito e solidariedade, através da promoção do intercâmbio de pessoas, instituições e projetos nas mais diversas áreas, nomeadamente Cultura, História, Turismo, Juventude e Economia, alimentando as suas diferenças e semelhanças.
Em agosto de 2003, uma delegação de Cuxhaven, liderada pelo Vice-Presidente de Câmara, Albertch Harten, visitou o Município de Ílhavo com o principal objetivo de aprofundar o relacionamento entre as duas cidades em duas áreas de grande interesse comum: a indústria (especialmente a do setor das pescas) e o turismo. Em 2005, foi a vez da Câmara Municipal de Ílhavo retribuir a visita, fazendo-se representar, no Festival das Cidades-Irmãs de Cuxhaven, pelos Agrupamentos de Escuteiros do Município, tendo ficado a representação oficial do Presidente, Eng. Ribau Esteves, a cargo do Chefe Lau, do Agrupamento da Costa Nova.
Finalmente, em 2008, e no âmbito das Comemorações do Feriado Municipal, a Câmara Municipal de Ílhavo homenageou o seu principal “embaixador” em Cuxhaven, Manuel Margaça, com a Medalha do Concelho em Vermeil, num gesto de reconhecimento pelo seu esforço e vitalidade na manutenção dos nossos costumes e valores na comunidade de emigrantes aí residente, que, durante décadas, soube acolher generosamente muitos filhos de Ílhavo, integrando-os na vida ativa local, num exercício notável de cortesia e solidariedade.
 
Não menos importante foi ainda a visita da comitiva ilhavense a Cuxhaven, em 2004, no âmbito da Regata dos Grandes Veleiros entre a Antuérpia (Bélgica), Aalborg (Dinamarca), Stavanger (Noruega) e Cuxhaven (Alemanha), onde foram feitos os primeiros contactos com a Sail Training International, entidade organizadora, sobre uma possível participação do Município de Ílhavo nesse tipo de eventos náuticos, que se veio a confirmar em setembro de 2008, com a Regata Comemorativa dos 500 Anos do Funchal, um acontecimento ainda bem presente na memória de todos os Munícipes.
Para um futuro muito próximo, ambos os Municípios perspetivam novas formas de cooperação e intercâmbio, tendo como ponte de ligação a comunidade de emigrantes ilhavenses residentes em Cuxhaven há largas décadas.
 

A Cidade de Cuxhaven

Cuxhaven é uma cidade portuária na Baixa Saxónia localizada no norte da Alemanha. É a capital do distrito com o mesmo nome.
Situada na costa do Mar do Norte, na foz do rio Elba, Cuxhaven tem uma faixa litoral de 14 km (leste - oeste) por 7 km (norte - sul) e possui um importante ponto de pesca e de registo naval para Hamburgo e o canal de Kiel.
A indústria turística é também importante, sendo um local de férias no Mar do Norte. Cuxhaven tornou-se cidade a 15 de março de 1907. Durante mais de seiscentos anos, até 1937, Cuxhaven pertenceu a Hamburgo. A ilha de Neuwerk, a noroeste da cidade, é ainda uma dependência de Hamburgo.
Um dos símbolos da cidade é um farol. O monumento em madeira na foz do Rio Elba (Kugelbake) é outro dos símbolos da cidade, encontrando-se representado no seu brasão.