C.M. Ílhavo - Voltar ao início
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã
Visite Ílhavo Visit Ilhavo
Loja Online Online Store

O 3.º Conselho Geral da Rede de Municípios para a Adaptação às Alterações Climáticas será no Município de Ílhavo em 2018

2017/11/30
Encontro 1 715 9999

A Câmara Municipal de Ílhavo esteve presente no segundo Conselho Geral da Rede de Municípios para a Adaptação às Alterações Climáticas, e no primeiro seminário anual da Rede: o “Adapt.Local.17 - Adaptação Local às Alterações Climáticas”, em Loulé - Vilamoura, nos dias 23 e 24 de novembro.


A Rede de Municípios para a Adaptação Local às Alterações Climáticas (Adapt.Local) foi formalizada em março de 2017, em Guimarães, e integra, neste momento, 31 municípios portugueses, para além de outras entidades de cariz público e privado diretamente ligadas a esta temática. Atualmente a Rede de Municípios para a Adaptação Local às Alterações Climáticas representa cerca de 10% dos Municípios Portugueses, representando estes municípios, mais de um terço da população portuguesa.


No dia 23 decorreu o segundo Conselho Geral da Rede, estando o Município de Ílhavo representado por Marcos Ré, seu Vice-Presidente e Vereador do Pelouro da Adaptação às Alterações Climáticas (Mar e Ria). Este encontro consagrou a eleição dos órgãos sociais da Rede para o quadriénio 2018-2021, tendo sido nomeadas, para o Secretariado de Gestão: “CEDRU”, “We Consultants”, CM Cascais, CM Sintra, CM da Figueira da Foz e Laboratório da Paisagem da C. M. Guimarães, para a Mesa do Conselho Geral, as câmaras municipais de Odemira, Funchal e Guimarães (que preside), assim como, para o Conselho Coordenador, as autarquias de Torres Vedras, Tondela e Loulé (que preside). Marcos Ré reforçou a intenção do Município de Ílhavo de continuar a implementar o trabalho de Adaptação refletido na Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas de Ílhavo (EMAAC - ClimAdapt) agora a ser aprofundado no âmbito do Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas (POSEUR 2020), mostrando disponibilidade para a realização de trabalhos da Rede no Município de Ílhavo. Foi deliberado realizar o 3º Conselho Geral da Rede no Município de Ílhavo e o 2.º Seminário Anual no Município da Figueira da Foz. Nesta reunião foi ainda decidido preparar um programa de ação para os próximos quatro anos que será apresentado e debatido no primeiro trimestre do próximo ano.


No dia 24 realizou-se o 1.º Seminário Anual da Rede: Adapt.Local.17 - Adaptação Local às Alterações Climáticas. Este seminário contou com a presença ativa de vários especialistas nacionais e internacionais em adaptação às alterações climáticas, os quais, juntamente com os responsáveis e técnicos autárquicos de todo o país e outros participantes, abordaram um vasto conjunto de temas-chave neste domínio: cenários climáticos mundiais e nacionais que se perspetivam a prazo; instrumentos e métodos para a adaptação, relacionados com metodologias participativas; vulnerabilidades socioeconómicas; cartografia de riscos climáticos; infraestruturas ‘verdes’ e ‘cinzentas’; análises custo-benefício; integração da adaptação no ordenamento do território; financiamento das intervenções; monitorização do clima urbano; adaptação setorial, nas áreas das florestas, dos recursos hídricos, do turismo e das zonas costeiras; e, ainda, experiências inspiradoras a nível internacional. A convite da organização, para apresentar a experiência/prática do Município de Ílhavo no setor das Zonas Costeiras e Lagunares, João José Carlos, elemento da equipa interna do Município de Ílhavo apresentou sucintamente dois projetos que nasceram no seio do processo de elaboração da EMAAC de Ílhavo (2015-2016) e que se encontram concretizados: Requalificação da Estrada e do Esteiro da Medela na Coutada e Requalificação da frente lagunar da Gafanha de Aquém. Foi ainda partilhado com este grupo temático o percurso do Município de Ílhavo no pós-ClimAdapt.


O encerramento deste primeiro Seminário Nacional da Adaptação Local às Alterações Climáticas contou com a presença do Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, e da Diretora Geral do Território, Fernanda do Carmo.

Museu Marítimo de Ílhavo
Centro Cultural de Ílhavo
Biblioteca Municipal de Ílhavo
Forum Municipal da Juventude
CROACI
EMER
Skate Park
Ecocentro Municipal