C.M. Ílhavo - Voltar ao início
Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã
Visite Ílhavo Visit Ilhavo
Loja Online Online Store

Ílhavo começa a transmitir alegria esta sexta-feira

30 de Maio de 2017
Faneca 1 715 9999

A poucos dias de começar a quinta edição do Festival Rádio Faneca (de 2 a 4 de junho), já se sente o alvoroço habitual dos últimos preparativos, no Jardim Henriqueta Maia e nas ruas e becos do Centro Histórico de Ílhavo.


Aos poucos, os artistas começam chegar e a ultimar as suas performances. Palcos, iluminação, sistema de som e decoração das ruas começam a ser preparados para três dias de grande agitação cultural. Mas antes disso, já muito “muita água correu” para que aconteça mais uma edição do festival que põe Ílhavo a Transmitir Alegria. Isto porque, desde sempre, trata-se de um evento que tem a particularidade de ter a comunidade como co-produtora, envolvendo artistas e ilhavenses na criação artística conjunta, que tem estreia no Festival Rádio Faneca.

 

Farol da Barra serve de inspiração


A famosa “Orquestra da Bida Airada” já iniciou ensaios há cerca de um mês, desta feita com o Farol da Barra a nortear a criação das novas canções. O grupo Onda Amarela e os seus músicos, “recrutados” na comunidade, têm estado a construir mais um espetáculo único, que apresentarão às 17:00 do próximo domingo.


O Farol da Barra serviu também de inspiração às “Histórias nos Becos”, que a Amarelo Silvestre tem estado a alinhavar e que poderão ser seguidas nos três dias do Festival.


Além da música, a comunidade dá o seu cunho também na área da dança. “A Viagem”, da coreógrafa Filipa Francisco, conta com a participação do Grupo Folclórico “O Arrais” na apresentação de um espetáculo de dança tradicional, com laivos de contemporânea.


Nas casas do Centro Histórico de Ílhavo, prepara-se a ementa para o jantar “Casa Aberta”, ao mesmo tempo que se acabam de escrever as “Cartas ao Futuro”, que, por intermédio da artista Maria Gil, serão partilhadas em diversos formatos no sábado, durante o dito jantar.


Na Garagem da Drogaria Vizinhos começa-se a erguer a mítica exposição “Becos de Pés”. Desta vez, os fotógrafos Alexandre Almeida, Augusto Brázio e Nelson D’Aires debruçaram-se no desafio de fotografar o maior número de pessoas possível, como memória daquilo que foi Ílhavo em 2017. Às fotografias de passe, os fotógrafos deram um “disparo” artístico para chegar à exposição que será inaugurada na sexta-feira, às 18:00.

 

Concertos


Em palcos mais ou menos inusitados, não faltarão concertos um pouco por toda a parte. Tranglomango, os ilhavenses Edevez e DJ Roger, Valter Lobo, The Oafs, Mû Mbana, Palankalama, Memória de Peixe, Samuel Úria, Colorau Som Sistema e S. Pedro atuarão no Jardim Henriqueta Maia, nos becos do Centro Histórico de Ílhavo e no Aquário dos Bacalhaus do Museu Marítimo de Ílhavo.


As crianças são sempre bem-vindas à festa. Durante três dias, o Jardim Henriqueta Maia transforma-se num divertido recreio, onde há jogos criativos e muitas brincadeiras.


E como prova de que o Festival alcança todas as faixas etárias, em 2017, os seniores ilhavenses assumem um papel ainda mais ativo. Além de terem contribuído para a cenografia do evento, o grupo Maiores Idade tem estado a ensaiar a radionovela “Becos de Amor”, com o apoio de Fernando Giestas e Jonathan Margarido – para ouvir em 103.9 FM e também para ver no estúdio da Rádio Faneca, no Jardim Henriqueta Maia.


Durante três dias, 103.9 será a frequência a sintonizar. Mas o melhor mesmo é ver, ao vivo, Ílhavo a Transmitir Alegria.

 

TODA A PROGRAMAÇÃO:
http://www.festivalradiofaneca.pt

 

VÍDEO RESUMO EDIÇÃO 2016:

https://www.youtube.com/watch?v=liTAYqGzRhs

Museu Marítimo de Ílhavo
Centro Cultural de Ílhavo
Biblioteca Municipal de Ílhavo
Forum Municipal da Juventude
CROACI
EMER
Skate Park
Ecocentro Municipal